Salvador - 19 de novembro de 2017
Notícias / Por Jornal Tribuna da Bahia
13 de setembro de 2017 - 11:24

Licitação para projeto que refaz os passos de Irmã Dulce

O objetivo é possibilitar melhores condições para que o peregrino faça a caminhada entre os santuários de Irmã Dulce e da Colina Sagrada


Por Rayllanna Lima

O percurso feito na Cidade Baixa quase que diariamente por Irmã Dulce, que até hoje é seguido por seus fiéis, enfim terá aspecto religioso. O conceito está sendo construído pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), que, no dia 27 de julho, pretende abrir licitação para definir empresa que fará o projeto urbanístico. Intitulado de “Caminho da Fé”, o projeto visa possibilitar melhores condições para que o peregrino faça a caminhada entre os santuários de Irmã Dulce e da Colina Sagrada, bem como aumentar o turismo religioso.

“Será uma obra que vai valorizar a rua do Dendezeiros, que existe como caminho de fé que une dois grandes santuários. Vamos alargar o passeio, criar pavimentação com diagramação que caracterize a religiosidade, melhorar iluminação e segurança e criar pontos de paradas. Estamos na fase inicial, ideias vão surgindo. Após licitação para escolha do escritório de arquitetura, faremos a homologação do processo e, em meados de setembro, devemos ir às obras”, explicou Tânia Scofield, presidente da FMLF, em entrevista à Tribuna da Bahia.

Deixe seu comentário
Equipe Responsável
Revistas