O Presidente

Adary Oliveira
Ingressei na bicentenária Associação Comercial da Bahia – ACB em 1987, há 30 anos.

Durante esse período fui seu diretor, oito vezes seu vice-presidente. Nos últimos dois anos, gestão de Luiz Fernando Studart Ramos de Queiroz, fui o vice-presidente que substituía o presidente em seus impedimentos e representava a ACB em reuniões que por algum motivo ele não podia comparecer.

Formação escolar – Adary Oliveira nasceu em Saúde, Bahia (1942), e foi criado em Ruy Barbosa, onde cursou o primário no Grupo Escolar Carneiro Ribeiro. Frequentou o ginásio nos Maristas de Salvador e o científico nos Maristas e na Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAr), em Barbacena, Minas Gerais, e no Campo dos Afonsos, Rio de Janeiro. Graduou-se em Engenharia Química na Escola Politécnica da UFBA. A pós-graduação foi realizada em três momentos: Especialização em Engenharia Industrial na Escola de Administração de Empresas da Bahia (hoje Unifacs); Mestrado em Administração de Empresas na Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas; Doutorado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Regional na Universidade de Barcelona, Espanha.

Vida Acadêmica – Lecionou mais de 20 disciplinas em cursos de graduação e pós-graduação de química, administração e economia nas seguintes universidades: Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Católica de Salvador (UCSAL), Universidade Salvador (Unifacs), Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP) e Universidade Jorge Amado (Unijorge).

Vida Profissional – Como funcionário público foi Diretor Geral do Instituto de Pesos e Medidas da Bahia (hoje Ibametro), Diretor da Financiamento de Insumos Básicos S.A. (Fibase) e Diretor da BNDES Participações (BNDESPar), no Rio de Janeiro. Como executivo foi Presidente da Nitrocarbono S.A. e Superintendente da Companhia Petroquímica de Camaçari (CPC), em Camaçari, Bahia. Foi representante do BNDES no Conselho de Desenvolvimento Industrial (CDI), em Brasília e membro do Conselho de Administração de diversas empresas nos estados do Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Alagoas e Pernambuco, entre as quais empresas dos grupos Itaú, Ipiranga e Ultra. Negociou acordos de acionistas no Brasil, Argentina, Japão, Alemanha e Estados Unidos. Atualmente é aposentado e presta serviço voluntário na Associação Comercial da Bahia (vice-presidente), Associação Cultural Brasil Estados Unidos (Acbeu), Casa de Jorge Amado e Conselho de Petróleo, Gás e Naval, da Fieb. Desde 1992 opera como empresário sócio da LTA Consultoria Empresarial Ltda. dedicando-se aos temas desenvolvimento regional, industrialização, petróleo, gás e petroquímica. Publicou dois livros e escreve artigo semanal para o Jornal Tribuna da Bahia e site do Bahia Econômica.