acb

Empresários seguem mobilizados por melhorias na segurança pública

Na próxima quarta-feira (25), às 09h, a Associação Comercial da Bahia (ACB), em parceria com o Conselho Consultivo das Entidades Empresariais da Bahia (Consempre), vai promover uma audiência pública, para discutir a situação da segurança pública em nosso estado.

  • 19 de maio de 2022 - 08:52

Na próxima quarta-feira (25), às 09h, a Associação Comercial da Bahia (ACB), em parceria com o Conselho Consultivo das Entidades Empresariais da Bahia (Consempre), vai promover uma audiência na sede da entidade, no bairro do Comércio, para discutir a situação da segurança pública em nosso estado.

Além de lideranças das entidades empresariais, são esperadas as presenças de representantes da Secretaria de Segurança Pública (SSP), das Polícias Civil e Militar, do Ministério Público e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), dentre outros, para debaterem coletivamente propostas que garantam a melhoria da segurança pública da Bahia.

Já nesta terça-feira (17), uma reunião para debater propostas foi realizada no Centro de Operações e Inteligência, com a presença do titular da SSP, Ricardo Mandarino, do secretário de Turismo, Maurício Bacellar, além de empresários dos setores de hotelaria, gastronomia e turismo, dentre o quais, Roberto Duran, presidente do Conselho Baiano de Turismo (CBTUR), Luiz Henrique do Amaral, presidente executivo da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes na Bahia (Abrasel), Jorge Pinto, vice-presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens na Bahia (ABAV), José Iglesias Garcia, presidente da Associação do Centro Histórico Empreendedor (ACHE) e Luciano Lopes, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis na Bahia (ABIH).

Segundo o presidente da ACHE, a segurança pública precisa ser debatida pela sociedade civil organizada, mas sem deixar de envolver quem está no topo do poder de decisões. “Temos que envolver os representantes legislativos e discutir políticas públicas eficientes, a questão das drogas, o descontentamento dos policiais, a justiça que prende e solta. Cobrar dos políticos, e não apenas do secretário de segurança, do delegado ou do policial que está nas ruas”, desabafa Iglesias.

Como indicou o representante da Abrasel, a situação caracteriza um estado de emergência e soluções imediatas precisam acontecer para reverter essa situação. “Temos que somar todas as forças nessa direção. Desta forma, durante a reunião desta manhã, reiteramos o convite para que o comando da segurança pública em nosso estado se faça presente à audiência do Consempre na próxima semana”, complementa Amaral.

Comentários

Equipe responsável

  • Maiara Chaves de Oliveira
    Secretária Executiva

    Maiza Almeida
    Secretária Executiva
  • www.acbahia.com.br
    presidencia@acbahia.com.br
    secretariadadiretoria@acbahia.com.br
    comissoestematicas@acbahia.com.br
    71 - 3242 4455
    71 - 99964 5725

Vídeos

  • Ops! Por hora não há vídeos publicados.
Assistir todos