home

A hora é essa: salão da Ademi é última oportunidade para comprar imóvel com preço reduzido

Com o fim da crise, preço do metro quadrado em Salvador tende a subir pelo menos em 20% no ano que vem, segundo empresários do setor

  • 26 de outubro de 2017 - 11:32

Depois de um período de quatro anos sem nenhum lançamento, o mercado imobiliário dá sinais de um novo momento em Salvador. Preços convidativos, oportunidades de financiamento em condições diferenciadas, com taxas de juros favoráveis para a aquisição de imóveis residenciais e comerciais novos e prazo mais extenso estão no leque de vantagens apontado pelo presidente da Associação de Dirigentes e Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi-BA), Claudio Cunha. Essas e outras novidades estão sendo apresentadas ao público durante o 10º Salão Imobiliário da entidade, conhecido como Feirão da Ademi, realizado até  29 de outubro,(domingo), no Shopping da Bahia, em Salvador.

Segundo Cunha, aliado ao descolamento da economia do país da crise política, Salvador conta com um reforço importante. “A nova Louos e o PDDU, que agora permitem que sejam agregados aos bairros atividades que antes não eram permitidas, trouxeram um novo mercado para a área imobiliária. O Salvador 360 também tem um papel importante, pois traz um incentivo à chegada de novos empreendimentos e isso faz com que o setor comece a antecipar, para este ano e inicio do próximo, lançamentos que estavam previstos apenas para meados de 2018 e no ano de 2019”, avalia o presidente da Ademi.

Entre 2010 e 2012, havia cerca de 14 mil imóveis em estoque para comercialização e, diante da instabilidade econômica vivida nos últimos anos, esse número baixou para 3 mil, segundo informações da  Ademi. Agora, com a perspectiva de retomada do mercado, o setor detectou uma falta de produtos para oferecer para o público.

“Os novos lançamentos serão voltados para todos os públicos, com unidades chamadas populares, com valor de mercado de R$ 99 mil, a imóveis de luxo, avaliados em R$ 6 milhões”, explica Cláudio Cunha. “Este é o momento de adquirir um imóvel novo. Em 2018, eles custarão 20% mais”, completa.

Na opinião do presidente do Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia (Sinduscon), Carlos Henrique Passos, o cenário macroeconômico favorece o mercado imobiliário em Salvador, que responde por 70% das atividades da construção civil na cidade. Ele aponta como pontos positivos a redução da taxa básica de juros (Selic) e cita a recuperação da cadeia de poupança e a estabilidade no preço dos insumos da atividade. A agenda proposta pela prefeitura da capital baiana com as definições do novo PDDU, Louos e licenciamentos também foi vista com bons olhos. No entanto, ele pondera que o desaquecimento do setor foi muito grande, o que requer mais tempo para uma recuperação plena.

 Incorporadoras 

Animadas com a perspectiva de reaquecimento do mercado, algumas empresas preparam condições especiais para o Salão, que vão de condomínio pago por um ano a armários grátis. A Moura Dubeux vai priorizar dois empreendimentos: Parque Iguatemi, com imóveis a partir de R$ 237 mil, e o Singulare, que tem faixa de preço parecida e condições especiais como isenção de ITIV e registro.

Já o Grupo Civil atuará no Salão da Ademi com a Barcino Esteve. No total, imóveis de quatro empreendimentos serão colocados à venda. Um deles já foi lançado, com obras previstas para início de novembro. Os demais estão agendados para serem lançados em 2018. “O clima é de otimismo, pois a procura voltou e há imóveis para todo o tipo de orçamento”, disse a supervisora comercial da empresa, Manuela Nabuco.

Veja algumas ofertas disponíveis

Parque Iguatemi Unidades a partir de R$ 237 mil, com 51 m² e 53 m². Entre as vantagens oferecidas pela Moura Dubeux estão descontos no valor do imóvel, além de ITIV e registro grátis. Condomínios oferecem piscina, área de convivência e garagem.

Salvador Prime  Quarenta e duas  unidades com preços variando de R$ 261 mil a R$ 453 mil com um e dois dormitórios, medindo de 51,03m² a 83,75m². Entre as vantagens estão descontos no imóvel e condomínio a partir de R$ 356.

Top Imbuí  Vinte e sete  apartamentos a partir de R$ 530 mil. O comprador  pode escolher entre  um ano de condomínio pago mais fechamento da varanda, ou pacote com todos os armários do apartamento inclusos e valor de R$ 430 mil no imóvel.

Minha Casa Minha Vida   São 1,1 mil imóveis de um e dois quartos, com 40m² e preços de R$ 99 mil até R$ 150 mil em Lauro de Freitas; Camaçari e Salvador. Vantagens oferecidas: Entrada a partir de R$ 39, documentação grátis, FGTS como entrada e de até R$ 37mil.

Ponta de Inhambupe  Imóveis de dois, três e quatro quartos de 68 m² a 272 m² com preços de  R$ 356 mil a R$ 1,4 milhão. Vantagens: a Prima Empreendimentos Inovadores vai oferecer condições especiais para quem fechar negócio no Salão Ademi, que vai até o dia 29/10.

Fonte: Jornal Correio da Bahia.

Comentários

Equipe responsável

  • Maiara Chaves de Oliveira
    Secretária Executiva

    Maiza Almeida
    Secretária Executiva
  • www.acbahia.com.br
    presidencia@acbahia.com.br
    secretariadadiretoria@acbahia.com.br
    comissoestematicas@acbahia.com.br
    71 - 3242 4455
    71 - 99964 5725

Galeria de Fotos

  • Ops! Por hora não há galeria de fotos publicadas.
Outras Galerias

Vídeos

  • Ops! Por hora não há vídeos publicados.
Assistir todos