acb

ACB acredita na reforma administrativa como caminho para retomada econômica

ACB Em Foco*

  • 20 de abril de 2021 - 09:41

Paulo Cavalcanti – vice-presidente da Associação Comercial da Bahia

Aguardada por milhões de brasileiros em todas as regiões do país, a vacinação contra a Covid-19 enfim começa a avançar. Com a imunização, novas perspectivas se abrem e as atividades econômicas e sociais começam gradativamente a ser retomadas. Porém, os estragos causados pela pandemia assolaram todo o mundo e, no Brasil, onde há uma forte luta pelo desenvolvimento econômico e social, o momento pede pela resolução dos problemas causados pela pandemia e outros decorrentes das duras medidas restritivas que entraram em vigor.

“Se por um lado estas práticas salvaram muitas vidas, por outro tiveram um efeito devastador para nossa economia, dificultando a vida de milhões de famílias”, pontua o vice-presidente da Associação Comercial da Bahia (ACB), Paulo Cavalcanti. Sendo uma das bandeiras já levantadas mesmo antes da pandemia, a ACB acredita que a única forma de o crescimento ser retomado no país e haver a construção de uma sociedade com mais dignidade é através das reformas administrativa e tributária que o Brasil tanto precisa.

De acordo com Cavalcanti, o momento atual é favorável e primordial para que os brasileiros se unam em prol da reforma administrativa, sejam eles empresários ou empregados, autônomos ou servidores públicos. “Toda a sociedade brasileira tem que se mobilizar, expressar seus anseios e necessidades para que os representantes públicos atendam nossos pleitos através do encaminhamento e urgente aprovação da reforma administrativa, que finalmente começa a ser desenhada no horizonte”, aponta.

Neste intuito, a ACB está elaborando um projeto de lei com o objetivo de contribuir com o Estado brasileiro. O intuito da entidade é ter a oportunidade de fazer a gestão das escolas públicas e dos serviços de saúde, por exemplo. “A nossa intenção é somar esforços e oferecer a mesma eficiência das escolas e hospitais privados do nosso país aos serviços públicos. Queremos que todos, independentemente de classe social, possam ter acesso e atendimento nos mesmos hospitais e instituições de ensino”, vislumbra o vice-presidente da ACB.

O momento político do país tem se mostrado favorável às reformas que lhe são necessárias. Cabe à população acreditar que isso é possível. O momento é de mobilização, cobrança e pressão, para que o Brasil retorne aos trilhos do desenvolvimento e bem-estar social.

*ACB em Foco – Publicada às quartas-feiras, a coluna cobre a atuação da Associação Comercial da Bahia na defesa do empresariado baiano

Comentários

Equipe responsável

  • Maiara Chaves de Oliveira
    Secretária Executiva

    Maiza Almeida
    Secretária Executiva
  • www.acbahia.com.br
    presidencia@acbahia.com.br
    secretariadadiretoria@acbahia.com.br
    comissoestematicas@acbahia.com.br
    71 - 3242 4455
    71 - 99964 5725

Galeria de Fotos

  • Ops! Por hora não há galeria de fotos publicadas.
Outras Galerias

Vídeos

  • Ops! Por hora não há vídeos publicados.
Assistir todos