home

As margens do paraíso

A Associação Comercial, recebeu a equipe do  Soterópolis -TVE, para realizar entrevista com o escritor Lima Trindade.

  • 12 de setembro de 2019 - 14:18

A Associação Comercial, recebeu a equipe do  Soterópolis, programa da  TVE, para realizar entrevista com o escritor Lima Trindade, para falar do seu romance “As margens do paraíso”, publicado recentemente.

As margens do paraíso conta a história de três jovens em busca de emancipação política, social e amorosa. Um olhar ficcional para o passado que ajuda a refletir sobre o presente.

Nunca o Brasil viveu um momento tão otimista e transformador quanto o final dos anos 50 do século XX. As glórias se estendiam para além das margens dos campos de futebol, irradiando-se pela música, cinema, literatura e ciências, e promoviam uma total mudança de costumes e valores. Leda vive em Juazeiro da Bahia e é agregada na casa dos padrinhos, onde tem casa e comida e, em troca, muito trabalho doméstico. Rubem é um estudante carioca que gosta de fumar, jogar sinuca e é apaixonado por uma dançarina profissional. Já Zaqueu é filho de um empresário em Anápolis e sonha em se tornar advogado, ser alguém “importante”. Os três são protagonistas do romance As margens do paraíso, da Cepe Editora, escrito por Lima Trindade.

O pano de cena é a construção da capital federal, uma Brasília ainda em estado de sonho, que é a aquela imaginada pelo autor. Se é, e é, verdadeiro o que nos diz o poeta Carlos Pena Filho sobre as cidades, de serem inventadas pelo sonho dos homens, este romance é sobre pesadelos pessoais dentro de um grande sonho de país, de gente em transformação, em busca de maturidade não “intelectual” somente. Mas em busca do humano.

Com liberdade para não se condicionar aos simples fatos históricos, e tudo medido e consolidado, Lima Trindade foge da clássica composição de livros de formação, ou de aprendizagem, e mistura estilos e registros nos quais se destacam a ironia e os traços rebeldes de uma juventude que terminou por construir a sua, leitor e leitora. As margens do paraíso é um livro ousado como a vida, onde até a última linha não se esgotam as surpresas que terminarão por forjar as pessoas que vibram neste paraíso, este livro-vivo.

A obra de 270 páginas traz protagonistas que a princípio não interagem, eles vão e voltam no decorrer da narrativa, como se o autor fosse um diretor e mudasse seus cenários, intercalando as três vozes. “Na primeira parte as personagens não ocupam o mesmo espaço físico, não pisam o mesmo chão, não vivem nas mesmas cidades. Eu não sabia exatamente o que aconteceria com cada uma delas, se elas demonstrariam ser quem eu imaginava que fossem ou quais seriam suas reações perante os conflitos que se anunciavam. Eu apenas deixei que falassem e fui alternando o meu foco de uma para outra conforme o aumento ou enfraquecimento da carga dramática”, explica o romancista.

Lima Trindade nasceu em Brasília e mora em Salvador desde 2002. É mestre em Letras pela Universidade Federal da Bahia.

 

 

Comentários

Equipe responsável

  • Maiara Chaves de Oliveira
    Secretária Executiva

    Maiza Almeida
    Secretária Executiva
  • www.acbahia.com.br
    presidencia@acbahia.com.br
    secretariadadiretoria@acbahia.com.br
    comissoestematicas@acbahia.com.br
    71 - 3242 4455
    71 - 99964 5725

Galeria de Fotos

  • Ops! Por hora não há galeria de fotos publicadas.
Outras Galerias

Vídeos

  • Ops! Por hora não há vídeos publicados.
Assistir todos