home

Comércio baiano prevê crescimento de mais de 9% nas vendas do Dia das Mães

  • 22 de abril de 2019 - 08:39

Foto: Raphael Muller

O movimento nos corredores dos shoppings e comércio de rua esta semana ainda foi de consumidor em busca de ovos de chocolate e artigos para a Páscoa, mas a procura pelo presente da mamãe já começou – e ai de quem deixe para depois. Segundo projeção da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo da Bahia (Fecomércio), as vendas no mês do Dia das Mães deste ano no estado deverão crescer 9,1% na comparação com o mesmo período de 2018.

De acordo com levantamento divulgado com exclusividade por A TARDE, a expectativa da entidade é que haja expansão em todos os setores envolvidos de alguma forma com a data – com destaque para a área de vestuário, tecidos e calçados, com alta de 21,3%.

“Tradicionalmente é a atividade em que, nas pesquisas de intenção de presentes, aparece no topo da lista. Até porque são produtos de menor valor, em que não há necessidade da busca por crediário nem de comprometimento da renda com algum tipo de dívida”, aponta o estudo.

Na sequência vem o setor de farmácia, perfumaria e cosméticos (10%); lojas de departamentos (8,5%); móveis e decoração (7,9%); supermercados (6,7%); eletrodomésticos e eletrônicos (2,7%). Ainda de acordo com a assessoria da Fecomércio, outra notícia é que o índice de Intenção de Consumo das Famílias, feito na cidade de Salvador, cresceu 15,6% em março em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Gerente da loja de moda plus size Esteem, do Salvador Norte Shopping, Monique Santos conta que já é grande o entra e sai de filho, nora, sobrinho de olho em vestido, macacão, calça pantalona, e diz que os modelos no estilo militar (tons de verde, claro e escuro) estão em alta. Ela explica que a marca é especializada em manequim tamanho 44 ao 54, e seu  diferencial é que se trata de uma “moda pensada com design, conforto, bom corte e belas estampas”.

“Não apenas esperamos os clientes virem até nós, também fazemos telemarketing, ligamos para eles, vamos construindo um relacionamento. Atualizamos o cadastro com frequência, fazemos campanhas nas redes sociais, ensaio fotográfico, disparamos looks no Instagram. Tentamos trabalhar a questão da autoestima. Muita gente acha que não existe moda para esse tamanho, aqui a gente mostra exatamente o contrário”, diz.

O administrador de empresas Diego Brito percorria o Salvador Shopping esta semana em busca de algo que “surpreenda” dona Maria Bernadete próximo 12 de maio. Disse que costuma presenteá-la com kit de hidratação e beleza de uma marca famosa “que ela se amarra”, mas que ainda não fechou sobre a decisão.

“Estou olhando, pesquisando o que mais combina com ela. Acho que até a próxima semana eu decido”, disse.

Preparação necessária

Para a consultora e analista do Sebrae Bahia Betina Americano, o lojista ou empreendedor que quiser incrementar as vendas em uma data “importante como esta, a principal para o comércio no primeiro semestre do ano”, tem de se planejar com, pelo menos, 30 dias de antecedência. Segundo Betina, outro ponto crucial chama-se “atendimento”.

“É muito importante treinar e incentivar a equipe, pois é ela quem vai fazer o resultado. É interessante estabelecer e trabalhar o alcance de metas, bem como instituir, por exemplo, bonificação por desempenho. Isso melhora o ambiente, cria senso de engajamento”.

Ainda de acordo com a especialista do Sebrae, fazer bom uso das redes sociais, investir em relacionamento, cuidar da ambiência no ponto de vendas, da vitrine, mas também na loja virtual, além de fazer a gestão do estoque e atentar para o planejamento são cuidados essenciais para todo e qualquer empreendedor.

“Também é importante conhecer o seu público, o perfil de mãe que se quer atingir. Planeje com antecedência mínima de 30 dias, não abra mão do canal digital e explore o clima comemorativo”, conta.

A empresária Regina Vieira, dona de nada menos do que cinco lojas da Rommanel em shoppings da capital – em breve inaugurando mais uma, em um novo centro comercial na Estrada do Coco –,  afirma que, depois do Natal, o Dia das Mães é um alavancador de vendas. Ela destaca que, com quase cinco anos à frente de unidades da marca, começou neste ramo em meio à crise e até hoje “trabalha e cresce com ela (a crise econômica)”.

“São presentes (as semijoias) que agradam muito, em especial pingentes falando  de amor de mãe. Somos uma marca jovem em varejo de shopping. E em 2018 tivemos um incremento de 10%”, diz.

Fonte: Jornal A Tarde

Comentários

Equipe responsável

  • Maiara Chaves de Oliveira
    Secretária Executiva

    Maiza Almeida
    Secretária Executiva
  • www.acbahia.com.br
    presidencia@acbahia.com.br
    secretariadadiretoria@acbahia.com.br
    comissoestematicas@acbahia.com.br
    71 - 3242 4455
    71 - 99964 5725

Galeria de Fotos

  • Ops! Por hora não há galeria de fotos publicadas.
Outras Galerias

Vídeos

  • Ops! Por hora não há vídeos publicados.
Assistir todos