noticias

Comércio exterior é tema de seminário na FIEB

  • 12 de agosto de 2015 - 19:33

Os processos normativos que regulam as operações de comércio exterior foram tema do 36º. Seminário de Operações de Comércio Exterior, ocorrido na Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), nesta quarta-feira (12/08). O evento foi uma iniciativa do Departamento de Operações de Comércio Exterior (DECEX) da Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior (MDIC) em parceria com a FIEB, através do Centro Internacional de Negócio – CIN BA.

Promovido pela primeira vez em Salvador, o evento foi acompanhado por executivos e líderes empresariais da Bahia. Representaram a Associação Comercial da Bahia o coordenador da Comissão de Comércio Exterior, Wilson Andrade, e a Bibliotecária Catiane Bittencourt, responsável pela emissão de certificados de origem.

Conselheiro da FIEB e também ex-presidente da ACB, Wilson Andrade ressaltou a necessidade de alavancar as exportações do país neste momento de crise econômica. “As exportações do Brasil representam apenas 1,2% do comércio exterior no mundo”, alertou o conselheiro, ressaltando que este mesmo percentual é mantido há cerca de 15 anos.

O panorama de exportações do Brasil também foi abordado pelo diretor do DECEX, Renato Agostinho da Silva. “Hoje, há uma incompatibilidade entre a presença do Brasil no globo, como sétima economia do mundo, e o nosso volume de exportações”, afirmou o diretor.

Com base neste diagnóstico, o governo federal lançou no último mês de junho o Plano Nacional de Exportações, buscando o aperfeiçoamento dos mecanismos e regimes tributários de apoio às exportações e as ações de desburocratização para facilitação do comércio, como a  implantação do Portal Único de Comércio Exterior.

“As condições para este mercado de exportação hoje são difíceis: o mundo cria regras e por isso precisamos cada vez mais de eventos deste tipo, onde as empresas possam tirar dúvidas e obter mais informações”, afirmou o coordenador do Conselho de Comércio Exterior da FIEB, Ângelo Calmon de Sá Junior.

A meta do Plano Nacional de Exportações é reduzir a burocracia gradualmente até 2017, diminuindo os prazos de exportação de 13 para oito dias e de 17 para 10 dias o período médio para importação.

Comentários

Equipe responsável

  • Maiara Chaves de Oliveira
    Secretária Executiva

    Maiza Almeida
    Secretária Executiva
  • www.acbahia.com.br
    presidencia@acbahia.com.br
    secretariadadiretoria@acbahia.com.br
    comissoestematicas@acbahia.com.br
    71 - 3242 4455
    71 - 99964 5725

Galeria de Fotos

  • Ops! Por hora não há galeria de fotos publicadas.
Outras Galerias

Vídeos

  • Ops! Por hora não há vídeos publicados.
Assistir todos