noticias

Diretor do IPAC visita a ACB

  • 11 de outubro de 2016 - 20:02

“A cidade precisa de ambientes coletivos, onde a socialização irrompa do encontro físico, com o outro, com a cidade. Construídos pelo simples desejo e ensejo de ocupá-la, e a partir desses espaços públicos construir a sua fruição. A gestão do Patrimônio, em seu recorte urbano, permite que as memórias afetivas das nossas cidades não façam parte de álbuns e recortes, mas de uma dinâmica viva e naturalmente contemporânea, apropriada por suas populações”.

Esta é a mensagem que o atual diretor geral do IPAC (Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural) João Carlos de Oliveira transmitiu em sua visita a Associação Comercial da Bahia, nesta terça-feira, 11/10, durante Reunião de Diretoria da entidade.

Com especialização em Conservação e Restauração de Monumentos e Conjuntos Históricos pela Universidade Federal da Bahia, João Carlos integra o quadro do IPHAN/MinC desde 2009. Durante quase duas décadas atuou como arquiteto em projetos e obras de restauro no Rio de Janeiro e Minas Gerais, consultor da UNESCO, assumindo depois as chefias do IPHAN em Congonhas (MG), de 2009 a 2012, e de Ouro Preto (MG), de 2012 a 2014.

O IPAC atua de forma integrada e articulada com a sociedade e os poderes públicos municipais e federais, na salvaguarda de bens culturais tangíveis e intangíveis e na política pública do patrimônio cultural baiano, material e imaterial.“Temos metas como dinamizar os processos de tombamentos e registros, implementar uma política efetiva de fiscalização e criar um conselho consultivo”, relata o dirigente estadual.

Dentre as ações programadas para sua gestão, o diretor adianta ainda que ampliará as atividades da entidade em diversos municípios baianos agrupados nos Territórios de Identidade, no quadriênio 2015/2018.

João Carlos defende ainda que sejam adotadas políticas de gestão para o IPAC de forma continuada, como política de estado. “Independentemente de quem estiver aqui, a direção vai dar sequência às políticas do órgão”, pontua.

Durante o encontro, o arquiteto apresentou ainda a situação atual e os projetos para alguns dos principais equipamentos do estado. “Precisamos modernizar os equipamentos e torná-los capazes de as pessoas se apropriarem dele. Se a sociedade não se apropriar, a gente vai chover no molhado e gastar dinheiro público”, avalia.

Entusiasmado com a apresentação, o presidente da ACB Luiz Fernando Studart Ramos de Queiroz avaliou com otimismo os projetos e ações expostos por João Carlos de Oliveira durante sua visita. “Precisamos inicialmente de duas respostas para qualquer projeto de revitalização apresentado para o Centro Histórico: quem vai morar lá? como a região vai conseguir desenvolvimento com sustentabilidade? E agora vejo que o IPAC tem um gestor que defende as mesmas ideias da Associação Comercial da Bahia”, elogiou.

Comentários

Equipe responsável

  • Maiara Chaves de Oliveira
    Secretária Executiva

    Maiza Almeida
    Secretária Executiva
  • www.acbahia.com.br
    presidencia@acbahia.com.br
    secretariadadiretoria@acbahia.com.br
    comissoestematicas@acbahia.com.br
    71 - 3242 4455
    71 - 99964 5725

Galeria de Fotos

  • Ops! Por hora não há galeria de fotos publicadas.
Outras Galerias

Vídeos

  • Ops! Por hora não há vídeos publicados.
Assistir todos