home

Especialistas indicam seis opções para você investir em 2018

Pesquisa aponta que 45% dos consumidores querem fazer uma reserva financeira em 2018

  • 15 de janeiro de 2018 - 09:04

Ilustração: Morgana Miranda

Início de ano e lá vem a promessa de começar a prática de uma atividade física, fazer uma viagem, trocar de carro. Mas o que quatro em cada dez brasileiros querem mesmo é transformar em realidade o hábito de juntar dinheiro. Segundo um levantamento feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) o maior desejo financeiro é fazer uma reserva (45%).

Tem gente que também quer sair do vermelho (25%), financiar uma casa própria (14%) e um automóvel (12%). “A questão é ter disciplina e começar de fato a guardar. Não precisa de muito dinheiro, qualquer valor já dá para fazer esta meta acontecer”, afirma a economista-chefe do SPC Brasil Marcela Kawauti.

“Na hora de decidir qual é o melhor ativo, o importante é comparar a taxa de juros real, o ganho acima da inflação. Outra dica é pesquisar bastante e conhecer o investimento antes de fazer o depósito”, recomenda Marcela.

Onde guardar?

No último mês, o dinheiro das férias, restituição do imposto de renda e do décimo terceiro da funcionária pública Deise Viana foram direto para o plano de previdência privada que adquiriu no Banco do Brasil. “Era uma meta buscar um investimento que me saísse da poupança. Quando você para de usar o modo empréstimo e começa a pensar em viabilizar o que quer sem precisar dele, o olhar para sua vida financeira muda muito”.

Ela já pensa em começar a diversificar sua carteira com outros investimentos.“Apliquei o dinheiro para não acabar gastando. A maior dificuldade de fazer uma reserva é limitar os nossos desejos de consumo”, pontua.

O QUE OS ESPECIALISTAS RECOMENDAM

Marcela Kawauti, Títulos do Tesouro Direto: Quando a gente fala sobre onde guardar dinheiro, o Tesouro Direto continua um ativo interessante. Tem uma rentabilidade corrigida pela Selic (taxa básica de juros) que fechou o ano em 7%, quase o dobro da inflação que fechou o ano em 3%.

Perfil É bom para todo mundo, independente da renda. 

Como começar Com R$ 30 já dá para adquirir cotas e buscar uma corretora de investimentos para intermediar as transações.  

Vantagens/ desvantagens O Tesouro Direto é um investimento muito bom, mas não é muito prático. Porém, vale a pena. Depois que o investidor aprende, ele fica muito simples. Mas fique atento: em alguns papéis como o IPCA Mais é preciso ficar até o vencimento.

Angelo Guerreiro, Fundo DI de plataformas digitais: A minha dica de investimento é o Fundo DI de plataformas digitais. 2018 é o ano de o investidor buscar mais estes ativos. Dá para ter acesso a qualquer tipo de produto com taxas de administração 15 vezes menores do que as de bancos tradicionais.   

Perfil É voltado para o investidor conservador, que está começando a poupar. 

Como começar Nas plataformas e bancos digitais, em geral, o aporte inicial é de R$ 1 mil. Ele acompanha aproximadamente 98% do ganho da Selic (taxa básica de juros) que está em 7%.   

Vantagens/ desvantagens É muito simples de operar e dá acesso fundos do básico ao sofisticado. Mas é preciso conhecer bem que empresa está por trás da plataforma e sua credibilidade. 

Antônio Carvalho Letras de Crédito (LCI/LCA): As LCIs e LCAs são opções bem seguras. O que vai garantir uma boa rentabilidade é pesquisar bastante  a instituição que oferece não só a melhor taxa de retorno, mas também uma taxa de administração competitiva.

Perfil É voltado para o investidor que quer ir além do que o banco oferta. 

Como começar Há letras a partir de R$ 100. É necessário buscar uma corretora de investimentos. O rendimento chega a 6,95% ao ano.   

Vantagens/ desvantagens Você pode aumentar sua cota sempre. No entanto, é uma aplicação que incide Imposto de Renda. Então, se o investidor aplica um valor por dois anos, por exemplo, o fisco vai levar praticamente todo o retorno financeiro. É um ativo para médio e longo prazo. 

Meire Cardeal, CDB de bancos menores ou digitais: É importante que o investidor entenda, antes de qualquer coisa, para onde está indo o mercado e conheça o custo efetivo do seu investimento. A minha recomendação são os CDBs de bancos pequenos ou digitais. Precisam captar e por isso, pagam mais um banco grande. 

Perfil É de um investidor que saiu da poupança e já pensa em diversificar seus investimentos.  

Como começar Em alguns bancos digitais existe depósitos a partir de R$ 1 mil. O parâmetro é a taxa Selic. É possível encontrar remunerações que chegam a 7,5%/ 8% ao ano. 

Vantagens/ desvantagens Independente do ano, é um investimento bacana. Ao negociar o CDB verifique seu prazo de investimento.

José Vignoli, carteira diversificada de investimentos: O mercado todo está muito forte dizendo que os juros estão caindo, porém 2018 ainda vai balançar muito por conta do clima político. Por isso, a minha recomendação é que você diversifique seus investimentos: a maior parte deles em uma carteira segura e em produtos mais conhecidos. Um pouquinho na poupança, outra parte em um CDB com uma taxa boa e se for mais ousado, até em ações.   

Perfil Diversificar é ideal para um investidor que tem uma reserva razoável e quer ver seu dinheiro render.

Como começar Com qualquer valor. 

Vantagens/ desvantagens A diversificação permite que você sofra menos com o vai e vem da economia. Porém, isso vai exigir muito entendimento do assunto.

Reinaldo Domingos, redução no seu orçamento: Todos os ativos não vão passar de 8% ao ano. A minha proposta  de ganho é de 30% ao mês com o corte de todos os excessos no orçamento em despesas como água, luz, telefone, tevê e supermercado, por exemplo. É neste ativo que você vai depositar para depois potencializar o dinheiro economizado. De nada adianta ganhar 5% se a família gasta mais de 30%.      

Perfil Para qualquer pessoa que queira guardar dinheiro e realizar sonhos.

Como começar Tudo começa em casa, definindo qual o sonho que vai motivar a redução de gastos.

Vantagens/ desvantagens A economia vai garantir a grana necessária que vai ser guardada em qualquer tipo de aplicação. Porém, tudo isso vai exigir disciplina e cortes. 

Fonte: Jornal Correio da Bahia

Comentários

Equipe responsável

  • Maiara Chaves de Oliveira
    Secretária Executiva

    Maiza Almeida
    Secretária Executiva
  • www.acbahia.com.br
    presidencia@acbahia.com.br
    secretariadadiretoria@acbahia.com.br
    comissoestematicas@acbahia.com.br
    71 - 3242 4455
    71 - 99964 5725

Galeria de Fotos

  • Ops! Por hora não há galeria de fotos publicadas.
Outras Galerias

Vídeos

  • Ops! Por hora não há vídeos publicados.
Assistir todos