home

Exportação de serviços em pauta na Reunião de Diretoria da ACB

  • 18 de setembro de 2018 - 09:18

O Brasil está entre os 14 países que podem competir no mercado de exportação de serviços de engenharia, mas que está em uma espécie de hiato depois dos escândalos envolvendo as grandes construtoras. Esta foi uma das informações apresentadas por Paulo Brechbühler, da Brechbühler Consultoria, durante palestra na Associação Comercial da Bahia, realizada quinta-feira, 13/09, durante Reunião de Diretoria Plenária da entidade.

Como justificou o presidente da ACB, Adary Oliveira, o Brasil, que era referência mundial em exportação de serviços, principalmente de engenharia, está perdendo espaço no mercado global. “E esta é uma situação preocupante para o país. Por isso, acredito que precisamos criar mais fóruns como este, para mostrar a importância das exportações para a retomada do crescimento do Brasil”.

Explorando o tema “Exportação de Serviços: Abrindo Mercados”, o engenheiro civil Paulo Brechbühler mostrou com detalhes a cadeia produtiva de um projeto de engenharia no exterior. Dentre os pontos a serem considerados no momento de formalizar negócios em outros países, o palestrante destacou: Aspectos Técnicos (Consultoria e/ou Projetistas Brasileiras); Aspectos Econômico-Financeiros; Relações com Bancos e Investidores; Estrutura Societária; Aspectos Jurídicos; Aspectos Políticos; Planejamento; Política de Contratação de Bens e Serviços; Diretrizes de Recursos Humanos; Programas e Aspectos Sociais; Premissas e Planos de Marketing.

Como apontou, a Engenharia Brasileira atualmente é reconhecida internacionalmente pela alta qualidade e capacidade de gestão das suas empresas no Mercado Internacional de Construção. “Estados Unidos, Canadá, América Latina e Caribe, África e Oriente Médio estão entre os principais destinos das exportações brasileiras de serviços de engenharia. Precisamos colocar mais empresas para exportar se ainda quisermos estar entre os principais exportadores e voltar a gerar empregos”, disse.

“O atual cenário internacional, cada vez mais competitivo e disputado, deixa bem claro a enorme e fundamental importância do Comércio Exterior para a economia de todos os países”, defende Brechbühler. Segundo informou, em 1980, a participação das exportações brasileiras em relação ao total das exportações mundiais era de 0,99%. No mesmo ano, as participações da China, Coréia do Sul e México eram todas iguais a 0,88%. Em 2016, as participações foram de 13,15% (China), 3,10% (Coréia do Sul) e 2,34% (México), enquanto a participação das exportações brasileiras atingiu apenas 1,16% em relação ao total das exportações mundiais.

Como descreveu, as Empresas Brasileiras disputam os Mercados Internacionais com empresas estrangeiras que são apoiadas e estimuladas pelos seus respectivos governos, através de Agências de Crédito às Exportações (ECAs) e Organismos Multilaterais. “Estas instituições estão sempre aptas e dispostas para oferecer financiamentos, garantias, seguros e resseguros para permitir as exportações de bens e serviços para as obras conquistadas no exterior pelas Construtoras dos seus respectivos países”, complementou Paulo Brechbühler.

“O apoio oficial e o estímulo recebido pelas empresas estrangeiras são capazes de promover o desenvolvimento, a produtividade, a competitividade e a geração de empregos, tanto nas Construtoras (Main Contractors) quanto nas demais empresas, geralmente pequenas e médias (fornecedores, prestadores de serviços) que compõem a cadeia produtiva liderada pelas Construtoras dos diversos países”, desenvolveu o palestrante.

A Brechbühler Consultoria possui expertise na orientação das etapas de Concepção, Elaboração e Acompanhamento de Planos de Internacionalização de Empresas, visando a atuação no comércio exterior, incluindo a assessoria voltada para as atividades de Concepção e Estruturação dos recursos financeiros e financiamentos necessários para suportar a exportação de bens e serviços brasileiros, de diversas empresas de médio e grande porte.

Texto: Antônio Nykiel

Comentários

Equipe responsável

  • Maiara Chaves de Oliveira
    Secretária Executiva

    Maiza Almeida
    Secretária Executiva
  • www.acbahia.com.br
    presidencia@acbahia.com.br
    secretariadadiretoria@acbahia.com.br
    comissoestematicas@acbahia.com.br
    71 - 3242 4455
    71 - 99964 5725

Galeria de Fotos

  • Ops! Por hora não há galeria de fotos publicadas.
Outras Galerias

Vídeos

  • Ops! Por hora não há vídeos publicados.
Assistir todos