home

Obras de requalificação da Rua Miguel Calmon devem ficar prontas em cinco meses

  • 16 de agosto de 2018 - 17:00

Foto: Adenilson Nunes

As obras de requalificação da Rua Miguel Calmon, no bairro do Comércio, em Salvador, devem durar cinco meses. A ordem de serviço para o início das obras foi assinada nesta quinta-feira (16) pelo prefeito ACM Neto em solenidade na entrada do prédio histórico da Associação Comercial da Bahia, na Praça Riachuelo.

De acordo com o projeto desenvolvido pela Fundação Mário Leal Ferreira, serão realizadas melhorias na pavimentação e serviços de macro e microdrenagem, além de implantação de ciclovia de 1,1km, desde as imediações do Mercado Modelo até a entrada do Pilar, e semáforos inteligentes. O investimento é de R$4,3 milhões com recursos fruto de financiamento junto à Caixa Econômica Federal.

“Todo o conceito dessa requalificação terá como foco a sustentabilidade e a acessibilidade. Essa será a via mais sustentável de Salvador. Vamos plantar aqui cerca de 90 novas árvores e requalificar todo o passeio, dentro de um conteúdo estético que valoriza os aspectos históricos da rua, que é bastante movimentada. Isso vai melhorar muito a qualidade de vida de quem circula por aqui”, disse ACM Neto, acrescentando que os eventuais transtornos com as obras serão compensados com os resultados alcançados após as intervenções.

As calçadas ganharão concreto lavado com detalhes em pedras portuguesas e itens de acessibilidade, como rampas, piso tátil e passagem de pedestres. A iluminação será modernizada com a implantação de lâmpadas em LED. O plantio das 90 árvores na região, de espécies de médio porte, irá servir de compensação à emissão de gás carbono dos veículos que trafegam no local – já que passam 2.160 automóveis e 276 ônibus por hora nos horários de pico – e garantir mais sombreamento, inclusive nos espaços de descanso, com bancos, que serão implementados.

“A requalificação da Rua Miguel Calmon faz parte desse projeto maior de requalificação do Comércio e do Centro Antigo de Salvador. Serão investidos R$200 milhões nessa região dentro do eixo Centro Histórico do programa Salvador 360. E essa obra aqui, assim como a reurbanização da Praça da Inglaterra, já em andamento, e outras que terão início, a exemplo das Praças Cairu e Deodoro da Fonseca, faz parte dessa filosia. São intervenções que irão transformar a vida do Comércio”, explicou Tânia Scofield, chefe da Fundação Mário Leal Ferreira.

Fonte: Bocão News

Comentários

Equipe responsável

  • Maiara Chaves de Oliveira
    Secretária Executiva

    Maiza Almeida
    Secretária Executiva
  • www.acbahia.com.br
    presidencia@acbahia.com.br
    secretariadadiretoria@acbahia.com.br
    comissoestematicas@acbahia.com.br
    71 - 3242 4455
    71 - 99964 5725

Galeria de Fotos

  • Ops! Por hora não há galeria de fotos publicadas.
Outras Galerias

Vídeos

  • Ops! Por hora não há vídeos publicados.
Assistir todos