home

Obras mais votadas no aplicativo Ouvindo Nosso Bairro serão executadas pela prefeitura

159 obras escolhidas devem ficar prontas em até dois anos

  • 21 de setembro de 2017 - 09:24

Se você foi uma das 73 mil pessoas que votaram ou sugeriram obras nos últimos três meses nos canais de atendimento da Prefeitura de Salvador ou no aplicativo Ouvindo nosso Bairro, pode comemorar porque as melhorias escolhidas vão começar a ser executadas pela prefeitura.

O prefeito ACM Neto, na manhã desta quarta-feira (20), assinou uma ordem de serviço que permitiu o início imediato de 159 novas obras escolhidas pela população enquanto a votação do programa Ouvindo Nosso Bairro esteve disponível. Para que as intervenções sejam realizados, R$ 40 milhões serão investidos e o prazo para que todas elas sejam concluídas é de até dois anos.

E se a intervenção que você considerava mais importante ficou de fora, ainda há possibilidade de ela entrar no plano orçamentário da prefeitura. Mas, para isso, a gestão deve fazer uma análise de viabilidade de execução. E isso vale também para as sugestões que podiam ser dadas pelos usuários – foram mais de 16 mil.

Para o prefeito, o aplicativo possibilitou aproximação da população e do poder público. “É fundamental aproximar o cidadão das decisões sobre o futuro da sua cidade. Isso nos dá uma legitimidade e nos ajuda a tomar decisões. Isso torna também a aplicação de recursos e o orçamento mais perfeito e, sebretudo, dá uma demonstração de que estamos, na prática, exercitanto uma nova forma de fazer política, de governar”, avalia ACM Neto.

Participação 
Entre todos os bairros que participaram da votação, os moradores de Valéria foram os que mais se engajaram na escolha das melhorias. No total, foram 2.545 pessoas que acessaram o aplicativo ou usaram outros meios de ouvidoria da prefeitura para escolher, em ordem de prioridade, a intervenção mais necessária para aquele local. Desse número, 79,5% (2.190) dos usuários apontaram o recapeamento asfáltico da Rua Petronília Dércia como a obra mais urgente a ser feita por lá – 207 sugestões de novas obras também foram dadas.

Atrás de Valéria só ficou o Centro Histórico, onde os moradores da região pediram a construção de uma quadra de esportes na Av. José Joaquim Seabra, ao lado do Mercado São Miguel, na Baixa dos Sapateiros. Foram 1.353 votos computados e mais de 50 sugestões. Quem também vai ganhar uma quadra de esportes são os moradores do final de linha do Uruguai.

Das 159 das intervenções a serem feitas, 61 delas vão ser na melhoria da iluminação pública, como é o caso da Rua da Glória, em Periperi, e da Baixa de Santa Rita, em São Marcos. Logo em seguida vem a construção ou revitalização de praças (27), recapeamento asfáltico (20), limpeza de canais (18), abrigos em pontos de ônibus (7), escadarias (6), academias de saúde (6), campo de futebol (5), final de linha (5) e quadra de esportes (4).

Como funcionou?
A votação teve início no dia 3 te julho e se estendeu até o dia 8 de agosto. Durante esse período, a população pôde votar por meio do aplicativo, de totens eletrônicos que ficavam em todas as prefeituras-bairros, pelo serviço Fala Salvador, pelo site do Programa Ouvindo Nosso Bairro e com ajuda de cerca de 30 agentes da prefeitura que estiveram visitando pontos turísticos da cidade ajudando a população a votar em tablets.

No programa, que podia ser encontrado para download nas principais lojas de aplicativos, como Apple Store e Play Store, o usuário podia, após informar dados pessoais como CPF, e-mail e telefone, escolher o bairro e as intervenções desejadas.

A previsão para que uma nova votação aconteça é de dois anos, mesmo prazo para a realização de todas as obras desse primeiro ano do projeto. Em julho, o prefeito ACM Neto assinou um projeto de lei que assegura que os próximos gestores municipais deem continuidade à iniciativa. O documento ainda não foi votado pela Câmara Municipal.

Inovação
Essa é a primeira vez no Brasil que uma gestão municipal realiza ouvidoria pública por meio de um aplicativo. “Não existe um processo tão avançado, contemporâneo e amplo como o nosso em todo país”, destacou o prefeito.

De acordo com ele, algumas solicitações já eram esperadas pela gestão. “Nós já imaginávamos que algumas delas seriam apontadas pelas comunidades. No entanto, quando há uma abertura para esse tipo de participação direta, sem intermediários, sem influência política, é óbvio que isso reforça ainda mais a necessidade de realização da obra escolhida”, pontuou o prefeito.

O Ouvindo Nosso Bairro, aliás, impediu que votos de usuários que já haviam acessado o sistema fossem computados. Isso só foi possível porque a plataforma tinha acesso às informações do banco de dados da Receita Federal. Por isso, dos 73.321 votos e sugestões, 72.729 foram considerados válidos.

Comentários

Equipe responsável

  • Maiara Chaves de Oliveira
    Secretária Executiva

    Maiza Almeida
    Secretária Executiva
  • www.acbahia.com.br
    presidencia@acbahia.com.br
    secretariadadiretoria@acbahia.com.br
    comissoestematicas@acbahia.com.br
    71 - 3242 4455
    71 - 99964 5725

Galeria de Fotos

  • Ops! Por hora não há galeria de fotos publicadas.
Outras Galerias

Vídeos

  • Ops! Por hora não há vídeos publicados.
Assistir todos