home

Planalto celebra Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa; George Pinheiro prestigiou o evento

Durante a cerimônia, o presidente Michel Temer disse que sem a participação das MPEs, não é possível governar

  • 05 de outubro de 2017 - 10:20

                       Discurso de Michel Temer na cerimônia desta manhã. Foto: Beto Barata/PR

O governo federal realizou na manhã desta quarta-feira (04) uma cerimônia em alusão ao Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa, comemorado amanhã, dia 05. “Aos MPEs deixo o agradecimento do governo brasileiro, que sabe que sem a participação de vocês, não consegue governar”, disse Michel Temer, presidente da República.

George Pinheiro, presidente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) e representante da União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (Unecs) , prestigiou o evento. “Em agosto, de acordo com levantamento do Sebrae, os pequenos negócios geraram 47,7 mil postos de trabalho, o que representa 7 meses de saldo positivo. Por isso é tão importante que o governo valorize e facilite o trabalho das MPEs, que são a base da nossa Confederação”, disse Pinheiro.

               O presidente da CACB, George Pinheiro, prestigiou a cerimônia. Ele representou, ainda, a Unecs.

Ainda no início de sua fala, o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Pereira, lembrou-se do primeiro pronunciamento que fez como ministro para um grupo de 500 empresários capitaneados pela CACB, em um momento em que o País passava por uma crise avassaladora. Na ocasião, George Pinheiro entregou a Temer um documento com as demandas do setor produtivo.

“Hoje temos muito que comemorar, porque as Micro e Pequenas Empresas (MPEs) têm sido protagonistas na retomada do crescimento do Brasil, o que já é sentido por toda a sociedade”, disse Marcos Pereira. As MPEs representam cerca de 95% das empresas brasileiras.

Três iniciativas importantes foram anunciadas pelo ministro do MDIC: O novo Portal do Empreendedor, que foi reformulado para que os cidadãos possam se formalizar como Microempreendedor Individual (MEI); a Semana Nacional do Crédito, que será realizada este mês, em todo o País, com diferentes datas e por sete instituições bancárias. Os empreendedores terão disponíveis R$ 8 bilhões para créditos novos e R$ 1 bilhão para renegociação de dívidas; e a ampliação do programa Instituição Amiga do Empreendedor, cujo objetivo é fomentar a profissionalização dos empresários. “A partir de hoje iniciaremos a expansão nacional, para atender mais de cem mil empreendedores até o fim de 2018”, disse.

O ministro do MDIC, Marcos Pereira, entregou ao presidente Temer uma moção em favor da reforma trabalhista, elaborada pelo Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte – FPMPE. A CACB é signatária do documento. Foto: Beto Barata/PR

Guilherme Afif Domingos, presidente do Sebrae, também citou o Portal do Empreendedor, destacando sua abrangência, o que, para ele, mostra a importância da inclusão econômica dos pequenos, no Brasil. “Estamos atingindo mais de sete milhões de empreendedores em todo o País, inclusive na Selva Amazônica. Pelo computador ou pelo celular, eles têm acesso a tudo, inclusive cursos de aperfeiçoamento ministrados pelo Sebrae”, destacou.

Afif lembrou, ainda, que o programa Crescer Sem Medo está prestes a entrar em vigor. “A empresa que tiver até 28% do seu faturamento em folha de pagamento vai para uma tabela tributária mais favorável. No dia de hoje, temos que render a justa homenagem a esses heróis e batalhadores que estão carregando a geração de emprego e renda nesse país”, finalizou.

O ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, disse que o impulso para o desenvolvimento das MPEs,  dado pelo governo, tem uma relevância muito grande na economia e um impacto ainda maior na redução da pobreza. “Estamos falando de pessoas que poderão sair da pobreza e progredir na vida, deixando de depender de políticas públicas de transferência de renda”, disse, citando o programa Progredir, lançado na semana passada, e que vai oferecer R$ 3 bilhões em microcrédito, por ano.

“Temos mais de 50% dos empregos gerados na nossa economia a partir das MPEs. O Governo do Brasil tem colhido frutos positivos no ambiente econômico para um crescimento sustentável e permitido, com regras claras, que a livre iniciativa ocupe espaço na geração de emprego”, declarou o ministro da Educação, Mendonça Filho.

O presidente da República, Michel Temer, iniciou sua fala dizendo que quando o País caminha bem, os micro e pequenos empresários também caminham. Temer lembrou, ainda, que quando um empreendedor empreende, realiza um ato social, pois gera emprego. “O que estamos celebrando hoje é a capacidade empreendedora do povo brasileiro”, disse.

Michel Temer também citou o Progredir, que, segundo ele, deve tirar pessoas da extrema pobreza, através dos negócios. “Eles poderão montar um pequeno empreendimento através do microcrédito que o programa oferece”, afirmou.

Os coordenadores da Câmara Brasileira de Mediação e Arbitragem Empresarial (CBAME), Eduardo Vieira, e do Empreender, Carlos Rezende, também prestigiaram a cerimônia.

Fonte: CACB.

Comentários

Equipe responsável

  • Maiara Chaves de Oliveira
    Secretária Executiva

    Maiza Almeida
    Secretária Executiva
  • www.acbahia.com.br
    presidencia@acbahia.com.br
    secretariadadiretoria@acbahia.com.br
    comissoestematicas@acbahia.com.br
    71 - 3242 4455
    71 - 99964 5725

Galeria de Fotos

  • Ops! Por hora não há galeria de fotos publicadas.
Outras Galerias

Vídeos

  • Ops! Por hora não há vídeos publicados.
Assistir todos