noticias

Presidente do Ibama participa de fórum sobre Baia de Todos os Santos na ACB

  • 23 de julho de 2015 - 20:42

A presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Marilene Ramos, visitou a Associação Comercial da Bahia nesta quinta-feira, 23 de julho, quando participou do fórum sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, com foco na Baía de Todos-os-Santos, sede da “Amazônia Azul”. O encontro contou com a participação de especialistas, gestores públicos e empresários, todos engajados na busca pelo equilíbrio entre o desenvolvimento econômico e a sustentabilidade na Baia de Todos os Santos.

Como pontuou o presidente da ACB, Luiz Fernando Studart Ramos de Queiroz, o encontro procura conciliar desenvolvimento econômico com respeito ao meio ambiente e a ecologia. “A Baia de Todos os Santos é um ativo não só da natureza, mas também da economia. A Baia pode abrigar um porto de águas profundas, que é fundamental para o desenvolvimento do estado. E este é um pleito nosso junto ao Governo do Estado e a União. E isso pressupõe não só ciência, mas também arte, para que possamos encontrar um ponto de equilíbrio”, destacou o presidente.

Coordenado pela Comissão de Sustentabilidade, Meio Ambiente e Inovação da ACB, a mesa montada para o fórum contou ainda com as presenças do Capitão dos Portos da Bahia, Ricardo Silva Pinheiro de Souza, do Superintendente do Ibama na Bahia, Célio Amorim, da Promotora do Ministério Público do Estado da Bahia e Coordenadora do Núcleo de Defesa da Baía de Todos os Santos, Cristina Seixas, do Secretário de Cidade Sustentável de Salvador, André Fraga, do Secretário de Turismo e Cultura de Salvador, Érico Mendonça, e do Presidente do Conselho Superior da ACB, Rubens Araújo.

Engenheira ambiental e especialista em gestão de recursos hídricos, Marilena Ramos foi presidente do Instituto Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro, secretária de Estado do Ambiente e presidente da Fundação Superintendência Estadual de Rios e Lagoas. Em 2008 recebeu o Prêmio Brasil de Meio Ambiente, categoria Destaque Estadual, conferido pelo Jornal do Brasil. Assumiu a presidência nacional do Ibama em maio de 2015 e vem apontando a racionalização dos processos como a principal meta de sua gestão.

“Desde que assumi a pasta venho realizando uma série de visitas fora de Brasília para manter contatos com órgãos ambientais de estados e municípios, estabelecendo as atribuições de cada um, buscando recursos financeiros e tecnológicos para uma melhor eficiência das politicas ambientais, facilitando a vida dos cidadãos e empreendedores”, ressaltou.

Além das questões envolvendo a Baia de Todos os Santos, a presidente do Ibama também destacou o envolvimento do órgão com os licenciamentos dos projetos estratégicos para a Bahia, como o Projeto Porto Sul e a Ferrovia de Integração Oeste Leste (FIOL), além de outros assuntos necessários como o Rio São Francisco e a Mata Atlântica. “A gente precisa e deve racionalizar e simplificar nossos processos para facilitar o desenvolvimento do país. Excesso de burocracia não é controle. Por isso, precisamos nos modernizar”, acrescentou Marilene Ramos.

Destacando o empenho da Associação Comercial da Bahia em relação às questões ambientais, a promotora pública Cristina Seixas vê o amplo diálogo entre toda a sociedade como necessário para a recuperação e manutenção da Baia de Todos os Santos. “Temos que correr para impedir que a Baia de Todos os Santos se transforme em uma nova Baia de Guanabara. Se queremos garantir uma Amazônia Azul sustentável, precisamos de uma governança que garanta sua preservação”, pontuou.

Como acrescentou o coordenador da Comissão de Sustentabilidade, Meio Ambiente e Inovação da ACB, Eduardo Athayde, a ACB articula com o Ibama e a Marinha do Brasil trazer para a Baia de Todos os Santos o centro dos debates nacionais sobre a economia do mar, a fim de estimular a atração de investimentos na cadeia produtiva da indústria naval e aproveitar o fato de a Bahia ter a maior costa litorânea do Brasil (1.183 km), além de sua vocação natural para explorar os recursos do mar de forma sustentável. Já com o governo do Estado a ACB planeja a criação da Agência de Gestão da Baía de Todos-os-Santos.

“O potencial que o Brasil tem, como maior biopotência global, para incrementar o turismo internacional é singular neste momento em que as tendências econômicas globais apontam para a sustentabilidade”, ressalta Athayde, que também é diretor do WWI – Worldwatch Institute no Brasil.

“Posicionada geograficamente no centro da costa atlântica e dotada da condição histórica de berço da civilização brasileira, a Baia de Todos os Santos foi declarada em ato solene nesta casa como Sede da Amazônia Azul, por meio do lançamento da Carta da Baía de Todos os Santos, assinada pela Marinha do Brasil, Ibama, Ministério Público Estadual, Federação das Indústrias e Federação do Comércio do Estado da Bahia, Associação Baiana de Imprensa, Clube de Diretores Lojistas e Rotary, dentre tantos outros.

Comentários

Equipe responsável

  • Maiara Chaves de Oliveira
    Secretária Executiva

    Maiza Almeida
    Secretária Executiva
  • www.acbahia.com.br
    presidencia@acbahia.com.br
    secretariadadiretoria@acbahia.com.br
    comissoestematicas@acbahia.com.br
    71 - 3242 4455
    71 - 99964 5725

Galeria de Fotos

  • Ops! Por hora não há galeria de fotos publicadas.
Outras Galerias

Vídeos

  • Ops! Por hora não há vídeos publicados.
Assistir todos